Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2008

OS MESES DO ANO - JUNHO

 

 
Junho é o mês do primeiro solstício do ano, trazendo a estação quente ao hemisfério boreal e a fria ao hemisfério austral. Quando o Sol atingir o ponto mais ao norte da sua trajetória, a partir do dia 21 de Junho, teremos o solstício, que trará o dia mais longo do ano no hemisfério norte, iniciando o verão, e o menor dia do ano no hemisfério sul, iniciando o inverno.
Sexto mês do ano do calendário gregoriano, com 30 dias, Junho tem o seu nome derivado da deusa Juno, rainha dos deuses, mulher do poderoso Júpiter. Juno corresponde à deusa Hera da mitologia grega. Juno era a deusa que protegia a mulher casada e às suas obrigações seculares. Além de proteger o casamento, a deusa protegia e fortalecia o feto, protegia a mulher na hora do parto, aliviando-a. Por este motivo, Junho tradicionalmente, é tido como o mês ideal para realizar bons casamentos.
Marcando o fim da primavera ou do outono, Junho começa o seu ponto astrológico com sinal em Gêmeos e termina com sinal em Câncer. É o último mês do calendário gregoriano que tem o nome derivado de algum deus mitológico.

Juno, a Divindade Protetora da Mulher e do Casamento

O mito de Hera, a rainha do Olimpo, esposa ciumenta de Zeus, foi assimilado pelos romanos ao mito de Juno. Na Grécia a fiel deusa protegia o casamento e a sua estabilidade. Em Roma Juno assume um caráter menos humano, tornando-se mais divindade, perdendo as características vingativas e ciumentas de Hera, para ser a mãe protetora do lar e da mulher.
A deusa é filha de Saturno e Cibele, irmã e esposa de Júpiter. Quando a fusão do mito de Hera e de Juno acontece na Roma antiga, dá origem a vários epítetos da deusa: Juno Lucetia, divindade protetora da essência feminina e dos seus problemas gerais; Juno Pronuba era a regente dos casamentos; Juno Domiduca era quem conduzia a virgem para a casa do esposo; Juno Lucina era a deusa das mulheres grávidas e do parto, que auxiliava a criança a nascer; Juno Ossipagina fortificava o feto; Juno Rumina fazia com que a mãe tivesse leite farto para nutrir o recém-nascido; Juno Populonia era a deusa que multiplicava os povos; e, por fim, Juno Sospita, invocada na hora do parto para aliviar a mãe do peso da criança.
Assim como a Hera grega, Juno era a personificação do elemento fundamental da família, cultuada principalmente pelas mulheres, representava a fidelidade e as boas relações entre os casais. Era a deusa do amor conjugal. O culto de Juno em Roma, tinha como festa principal a Matronalia, realizada no mês de fevereiro, após uma homenagem na floresta do Palatino. Na Matronalia a mulher-mãe comum era a homenageada, recebendo presentes do marido e dos filhos. A Matronalia é tida por muitos, como a festa que deu origem ao Dia das Mães.

Junhos na História do Mundo

01 de Junho
1920 – Inaugurada, em Berlim, Alemanha, a primeira exposição de dadaísmo no mundo (na foto, dadaísmo, Lovesick, George Grosz, 1916, óleo sobre tela).
1946 – Preso e fuzilado em Bucareste, o ditador romeno Ion Antonescu, executado como criminoso de guerra e aliado dos nazistas.
2001 – Dipendra, príncipe herdeiro do trono do Nepal, comete suicídio após assassinar os pais e vários membros da família real.

02 de Junho
1882 – Morre em uma ilha italiana, Giuseppe Garibaldi, herói responsável pela unificação da Itália.
1949 – Após anexar a parte oriental da Palestina (Cisjordânia), a Transjordânia passa a denominar-se oficialmente Jordânia,
1953 – Coroação de Elizabeth II como rainha do Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte, na Abadia de Westminster.

03 de Junho
1926 – Em Portugal é estabelecido um regime militar e, António de Oliveira Salazar é nomeado pela primeira vez, ministro das finanças.
1963 – Morre o papa João XXIII.
1989 – Morre o líder político e espiritual iraniano, o aiatolá Khomeini.

04 de Junho
1902 – Aberto no Louvre, em Paris, o Museu de Artes Decorativas.
1989 – Dezenas de mortos e centenas de feridos na Praça de Tiananmen, em Pequim, após o exército chinês disparar contra uma multidão de manifestantes.
1992 – Líderes de 180 nações encontram-se no Rio de Janeiro, iniciando a conferência ECO 92.

05 de Junho
1883 – Inaugurado a companhia de trens Orient-Express, trazendo pela primeira vez, vagões leitos.
1925 – Aprovado em Genebra, o protocolo que proíbe o uso de gases venenosos e armas bacteriológicas em guerras.
1967 – Inicio da Guerra dos Seis Dias, de Israel contra os países árabes Egito, Síria e Jordânia.

6 de Junho
1919 – Publicado no jornal Il Popolo d’Italia, o manifesto do movimento fascista, de Benito Mussolini.
1944 – Desembarque das tropas dos Aliados na Normandia, norte da França, o fato entrou para a história como o Dia D.
1968 – Morre o senador norte-americano, Robert Kennedy, atingido por um tiro em um hotel de Los Angeles, na Califórnia.

07 de Junho
1905 – Votado pelo parlamento do Reino Unido da Suécia e Noruega, a separação entre os dois países.
1911 – O vulcão Colima, no México, entra em erupção, causando a morte de 1450 pessoas.
1951 – Executados os últimos criminosos de guerra nazistas que foram condenados pelo tribunal de Nuremberg (foto do tribunal de Nuremberg).

08 de Junho
632 – Morre em Medina, o profeta Maomé, fundador do islamismo.
1928 – Iniciada a Conferência Internacional do Trabalho, em Genebra, Suíça.
1950 – Início da Guerra da Coréia, quando tropas da Coréia do Norte cruzam o paralelo 38, fronteira imposta na conferência de Ialta, entre as duas Coréias.

09 de Junho
1870 – Morre o escritor inglês Charles Dickens, autor de obras como “Oliver Twist” e “David Copperfield”.
1946 – Bhumibol Adulyadej sob ao trono da Tailândia, substituindo o rei Ananda Mahidol, morto em circunstâncias obscuras, com arma de fogo.
1999 – Celebração da coroação do novo rei da Jordânia, Abdalá II, e da sua esposa, Rania.

10 de Junho
1580 – Morre Luís de Camões, grande poeta lusitano.
1901 – Aprovado no parlamento da Bélgica, a anexação do Congo, na África.
1926 – Morre Antonio Gaudi, arquiteto catalão, um dos símbolos de Barcelona.

11 de Junho
1903 – Assassinados o rei da Sérvia, Alexandre I, e a sua esposa.
1951 – Promulgada, em Portugal, a lei que converte as colônias em territórios além-mar.
2001 – Executado o terrorista Timothy McVeigh, responsável pela explosão de um prédio em Oklahoma, em 1995, onde morreram 168 pessoas.

12 de Junho
1872 – Inaugurada a primeira ferrovia no Japão.
1898 – Proclamada a independência das Filipinas pelo general Emilio Aguinaldo.
1994 – Austríacos votam a favor do ingresso do seu país na União Européia.

13 de Junho
1611 – Observadas, pela primeira vez, as manchas no Sol, pelo astrônomo holandês David Fabricius.
1949 – George Orwell publica a sua obra-prima, “1984”.
1996 – Eliminada pelo parlamento, a pena de morte na Bélgica.

14 de Junho
1823 – A Guatemala separa-se do México.
1905 – A tripulação do encouraçado russo Potemkin rebela-se, fuzilando o comandante e vários oficiais (na foto, cartaz do filme “O Encouraçado Potemkin”, de Sergei Eisenstein).
1940 – Durante a Segunda Guerra Mundial, o exército alemão entra em Paris.

15 de Junho
1502 – Cristóvão Colombo, na sua quarta e última viagem à América, descobre a ilha da Martinica.
1932 – Eclode a Guerra do Chaco, entre a Bolívia e o Paraguai.
1994 – Estabelecidas relações diplomáticas entre Israel e o Vaticano.

16 de Junho
1904 – O governador russo Nicolás Bobrikov é assassinado na Finlândia.
1969 – George Pompidou é nomeado presidente da França.
1978 – Estados Unidos assina acordo com o Panamá, em que garante a devolução do Canal do Panamá aos panamenhos no ano 2000.

17 de Junho
1852 – A independência do Paraguai é reconhecida pela Argentina.
1940 – Em Londres, o general De Gaulle funda o Comitê Nacional da França Livre.
1944 – A Islândia torna-se uma República independente.

18 de Junho
1815 – Travada a Batalha de Waterloo, na qual Napoleão Bonaparte é definitivamente derrotado pelos países aliados contra o seu poder.
1997 – Rendição do líder cambojano do Khmer Vermelho, Pol Pot.
2000 – Assinado um acordo em Argel, entre a Etiópia e a Eritréia, pondo fim à guerra que travavam desde 1998.

19 de Junho
1097 – Nobres e plebeus europeus partem para Jerusalém, dando início à Primeira Cruzada, decidida no Concilio de Clermont.
1867 – Fuzilado em Santiago de Querétaro, Maximiliano I, imperador do México.
1953 – Executado em Nova York, o casal Rosenberg, acusado de revelar segredos atômicos à União Soviética.

20 de Junho
1900 – Iniciada a Rebelião dos Boxers, na China, contra estrangeiros e o mundo cristão.
1963 – Durante a Guerra Fria, Estados Unidos e União Soviética criam uma linha de telex, o telefone vermelho, para manter uma comunicação direta entre as duas nações em caso de conflitos.
1991 – Berlim (foto), volta a ser capital da Alemanha unificada.

21 de Junho
1908 – Manifestação feminina reúne 250 mil mulheres em Hyde Park, Londres, que reclamam o seu direito ao voto.
1941 – A Alemanha declara guerra à União Soviética.
1963 – Eleito papa o cardeal Giovanni Montini, assumindo o nome de Paulo VI.

22 de Junho
431 – Realizada a primeira das cinco sessões do Concílio de Éfeso, que reuniu vários líderes cristãos.
1934 – Os Estados Unidos ingressam na Conferência Internacional do Trabalho.
1941 – Os exércitos alemães invadem a União Soviética de Stalin.

23 de Junho
1894 – Criado, pelo Barão de Coubertin, juntamente com 15 países, o Comitê Olímpico Internacional (COI), que restabelecia os jogos olímpicos.
1949 – O papa Pio XII decreta a excomunhão de simpatizantes comunistas.
1952 – Durante a Guerra da Coréia, a aviação norte-americana bombardeia as centrais elétricas de Yalu.

24 de Junho
1633 – Galileu Galilei é libertado da prisão da Inquisição.
1901 – Primeira exposição de Pablo Picasso, na galeria Ambroise Vollard de Paris.
1976 – A Assembléia Nacional do Vietnã declara a reunificação do Vietnã do Sul e Vietnã do Norte, com a capital em Hanói.

25 de Junho
1906 – Pedro Montt vence as eleições para presidente do Chile.
1962 – Formada a Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO).
1975 – Independência de Moçambique, colônia portuguesa da África.

26 de Junho
1959 – Cuba rompe relações diplomáticas com a República Dominicana.
1974 – No Chile, nove meses após o golpe militar que derrubou o governo Allende, o general Augusto Pinochet assume os poderes presidenciais.
2000 – Revelado, pelo Vaticano, o terceiro segredo de Fátima, que se referia ao atentado contra um papa, consumado em 1981, contra João Paulo II.

27 de Junho
1660 – O parlamento britânico condena à prisão John Milton, escritor inglês, autor de “O Paraíso Perdido”.
1910 – Porfírio Diaz elege-se pela sétima (e última) vez, presidente do México.
1941 – Durante a Segunda Guerra Mundial, a Hungria declara guerra à União Soviética.

28 de Junho
1914 – O arquiduque Francisco Ferdinando (foto), herdeiro do trono austro-húngaro, é assassinado em Saravejo, gerando o estopim que desencadearia a Primeira Guerra Mundial.
1919 – Assinado o Tratado de Versalhes, que selava a paz entre a Alemanha e as demais nações, após a Primeira Guerra Mundial.
2001 – Slobodan Milosevic, ex-presidente iugoslavo, é entregue ao Tribunal de Haia.

29 de Junho
1900 – Entra em funcionamento a Fundação Nobel, outorgante dos prêmios Nobel.
1948 – Início do regime do “Apartheid”, na África do Sul, onde a minoria branca discrimina a maioria negra.
2001 – Kofi Annan é reeleito secretário geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

30 de Junho
1934 – Hitler encerra as SA, executando Ernst Rohm, o seu líder, e, os seus principais colaboradores, no episódio sangrento chamado de “A Noite das Longas Facas”.
1960 – O Congo Belga, ex Zaire e atual República Democrática do Congo, declara a sua independência.
1992 – O governo da Rússia aprova um extenso programa de privatizações de empresas.

Junhos na História do Brasil

01 de Junho
1808 – Circula em Londres, pela primeira vez, o Correio Braziliense, considerado o primeiro jornal brasileiro, dirigido por Hipólito da Costa.
1838 – Morre Cipriano Barata, implicado na Conjuração Baiana de 1798 e na Revolução Pernambucana de 1817.

02 de Junho
1822 – Instalada no Rio de Janeiro, a sociedade maçônica Apostolado da Nobre Ordem dos Cavaleiros de Santa Cruz.
1988 – Assembléia Constituinte fixa em cinco anos o mandato do presidente José Sarney.

03 de Junho
1621 – A Companhia das Índias Ocidentais recebe privilégio de explorar e governar suas conquistas. Três anos depois invadiria o Brasil.
1939 – Primeira demonstração da televisão no Brasil, no Rio de Janeiro.

04 de Junho
1608 – Iniciada a construção do Convento de Santo Antônio, no Rio de Janeiro.
1898 – Nasce em Serra Talhada, Pernambuco, Virgulino Ferreira da Silva, conhecido mais tarde como Lampião, o mais famoso cangaceiro do Brasil.

05 de Junho
1605 – Filipe II de Portugal (III de Espanha) proíbe a escravização de índios no Brasil.
1729 – Nasce em Minas Gerais, Cláudio Manuel da Costa, um dos líderes da Inconfidência de 1789.

06 de Junho
1755 – Instituída a Companhia Geral do Grão-Pará e Maranhão, pelo Marquês de Pombal.
1755 – Iniciada no Rio de Janeiro a construção da igreja da Candelária, que só seria concluída 123 anos depois, em 1898.

07 de Junho
1494 – Assinado o Tratado de Tordesilhas, que dividia as terras recém-descobertas e por descobrir entre os reinos de Espanha e Portugal.
1889 – Posse dos últimos ministros do Império.

08 de Junho
1914 – Fundada a Federação Brasileira de Esportes, origem da CBF.
2000 – O governo, através do INSS, regulamenta pensões de casais homossexuais.

09 de Junho
1597 – Morre na Espanha, José de Anchieta, um pioneiro da evangelização no Brasil.
1828 – O 2º Batalhão de Granadeiros, no Rio de Janeiro, composto por mercenários europeus, amotina-se contra os maus-tratos, num movimento que logo se espalharia por todos os batalhões de estrangeiros.

10 de Junho
1808 – O príncipe regente D. João declara guerra a Napoleão Bonaparte e seus aliados, ordenando “que por mar e por terra se lhes façam todas as possíveis hostilidades”.
1926 – Inaugurado serviço de ônibus no Rio de Janeiro.

11 de Junho
1557 – Morre em Lisboa o rei D. João III, que dividiu o Brasil em capitanias e introduziu o Tribunal da Inquisição em Portugal.
1848 – Morre em Paris Jean-Baptiste Debret, integrante da chamada missão artística francesa, que registrou em suas pinturas a sociedade brasileira dos tempos de D. João VI e de D. Pedro I.

12 de Junho
1641 – Portugal e Holanda firmam armistício na guerra pelo nordeste brasileiro.
1817 – Fuzilados em Salvador, Bahia, três líderes da Revolução Pernambucana de 1817, Domingos José Martins, padre Miguelinho e José Luiz de Mendonça.

13 de Junho
1621 – Rei Felipe III divide a América portuguesa em dois Estados: o do Brasil e o do Maranhão.
1964 – É criado o Serviço Nacional de Informações (SNI), um dos principais instrumentos repressivos do regime militar.

14 de Junho
1901 – Início de quebra-quebra no Rio de Janeiro em reação ao aumento das tarifas dos bondes, que duraria seis dias.
1971 – Teodomiro Braga, militante de esquerda, condenado à morte pelo regime militar, tem sua pena comutada para prisão perpétua.

15 de Junho
1962 – Lei federal nº 4.070 eleva o território do Acre à categoria de Estado.
1991 – IBGE divulga que 16% das mulheres estão esterilizadas.

16 de Junho
1556 – Primeiro bispo do Brasil, Pero Fernandes Sardinha é devorado por índios na Bahia.
1950 – Inaugurado o Estádio Nacional, atual Estádio Mário Filho, no Maracanã.

17 de Junho
1604 – Nasce no castelo de Dillenburg, Alemanha, Maurício de Nassau, que governou as possessões holandesas no Brasil entre 1637 e 1644.
1889 – Última sessão da Câmara dos Deputados do Império.

18 de Junho
1822 – O príncipe regente D. Pedro, através de decreto, proíbe o acúmulo de cargos e exige comprovação de atividades dos funcionários públicos.
1862 – Presos no Rio de Janeiro três oficiais ingleses, estopim para um rompimento entre Brasil e Inglaterra.

19 de Junho
1898 – Primeira filmagem feita no Brasil, por Afonso Segreto, registra cenas da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.
1984 – Tancredo Neves é indicado pela oposição para concorrer à Presidência.

20 de Junho
1910 – Criado por decreto, o Serviço de Proteção aos Índios.
1952 – A lei federal nº 1.628 cria o BNDE, atual BNDS (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), tendo como diretor o economista Roberto Campos.

21 de Junho
1839 – Nasce no Rio de Janeiro, Machado de Assis, que se tornaria no final do século XIX, a maior expressão da literatura brasileira.
1970 – Brasil vence a Itália, no México, e conquista o tricampeonato da Copa de Futebol do Mundo.

22 de Junho
1552 – Pero Fernandes, primeiro bispo do Brasil, chega à Bahia.
1874 – Inaugurado o telégrafo submarino, ligando o Rio de Janeiro à Europa.

23 de Junho
1865 – Lançado ao mar, na Baía de Guanabara, o encouraçado Tamandaré, primeira embarcação do tipo construída no Brasil, que teve importante papel na Guerra do Paraguai.
1986 – Confronto entre grevistas e polícia deixa dois mortos em São Paulo.

24 de Junho
1966 – 283 marinheiros são condenados por rebelião no maior julgamento do país.
1985 – Estréia na Rede Globo, com grande audiência, a novela Roque Santeiro, que tinha sido censurada dez anos antes pelo regime militar.

25 de Junho
1850 – Aprovado o Código Comercial do Império, em gestação desde 1832.
1892 – Instalado na antiga residência da família real, na Quinta da Boa Vista, o Museu Nacional.

26 de Junho
1862 – Adotado no Brasil, por lei, o sistema métrico francês.
1969 – Lançado o semanário O Pasquim, importante veículo de crítica (bem-humorada) à ditadura militar.

27 de Junho
1763 – Rei D. José I transfere a sede do governo do Brasil de Salvador para o Rio de Janeiro.
1810 – Decreto do príncipe regente D. João manda instalar a Biblioteca Real (cujo acervo originou a Biblioteca Nacional) na igreja da Ordem Terceira do Carmo, no Rio de Janeiro.

28 de Junho
1720 – Eclode em Minas Gerais uma revolta contra o aumento da taxação sobre o ouro.
1977 – Emenda constitucional institui o divórcio no Brasil.

29 de Junho
1862 – Iniciado o serviço de barcas ligando o Rio de Janeiro a Niterói.
1958 – Seleção Brasileira, após derrotar a Suécia por 5 a 2, torna-se campeã da Copa do Mundo de futebol.

30 de Junho
1887 - Iniciada a terceira regência da princesa Isabel.
1987 – Depois que 67 veículos foram destruídos pela população, a justiça volta atrás e suspende o reajuste de 50% das tarifas concedido às empresas de ônibus no Rio de Janeiro.

Nascidos em Junho

01 de Junho
Alanis Morissette, cantora e compositora canadense
Braz Chediak, ator e diretor de cinema brasileiro
Frank Morgan, ator norte-americano
Marilyn Monroe (foto), atriz norte-americana
Morgan Freeman, ator norte-americano
Pat Boone, cantor norte-americano

02 de Junho
Caio Blat, ator brasileiro
Johnny Weissmuller (foto), atleta e ator norte-americano
Stacy Keach, ator norte-americano
Wentworth Miller, ator britânico

03 de Junho
José Lins do Rego, escritor brasileiro
Josephine Baker, cantora e dançarina norte-americana
Luiza Curvo, atriz brasileira
Tony Curtis (foto), ator norte-americano

04 de Junho
Angelina Jolie, atriz norte-americana
Angelo Antonio, ator brasileiro
Bruce Dern, ator norte-americano
Dennis Weaver, ator norte-americano
Fernanda Paes Leme, atriz brasileira
Hugo Carvana, ator e diretor brasileiro
Jorge Palma, cantor e compositor português

05 de Junho
Erasmo Carlos, cantor e compositor brasileiro
Federico Garcia Lorca, poeta e dramaturgo espanhol
Ivon Curi, cantor e ator brasileiro
Marcio Kieling, ator brasileiro
Maria Isabel de Lizandra, atriz brasileira
Mark Wahlberg, ator norte-americano
Sandra Annenberg, jornalista e atriz brasileira
Wanderléa, cantora brasileira
Zuzu Angel, estilista brasileira

06 de Junho
José I de Portugal, 25º rei português
Maysa, cantora e compositora brasileira
Thomas Mann, escritor alemão

07 de Junho
Carla Marins, atriz brasileira
Cláudia Rodrigues, atriz brasileira
Dean Martin, ator e cantor norte-americano
Flávia Alessandra, atriz brasileira
Jessica Tandy, atriz britânica
Liam Neeson, ator irlandês
Paul Gauguin, pintor francês
Prince, músico, dançarino e cantor norte-americano
Tobias Barreto, poeta brasileiro
Tom Jones, cantor britânico

08 de Junho
Eduardo Moscovis, ator brasileiro
Frank Lloyd Wright, arquiteto norte-americano
James Darren, ator norte-americano
Robert Preston, ator norte-americano
Robert Schumann, músico e compositor alemão
Sonia Braga, atriz brasileira

09 de Junho
Cole Porter, músico e compositor norte-americano
Johnny Depp, ator norte-americano
Michael J. Fox, ator canadense
Natalie Portman, atriz israelense
Pagu (Patrícia Galvão), escritora brasileira

10 de Junho
Bibi Ferreira, atriz, cantora e encenadora brasileira
Djenane Machado, atriz brasileira
Hattie McDaniel, atriz e cantora norte-americana
Inês Galvão, atriz brasileira
João Gilberto, cantor brasileiro
Judy Garland (foto), atriz e cantora norte-americana
Marly Bueno, atriz brasileira
Saul Bellow, escritor canadense
Vincent Perez, ator suíço

11 de Junho
Carlos Alberto, ator brasileiro
Carlos Eduardo Dolabella, ator brasileiro
Gene Wilder, ator norte-americano
Isabela Garcia, atriz brasileira
Jacques-Yves Cousteau, ecologista e explorador náutico francês
Reginaldo Faria, ator brasileiro
Richard Strauss, compositor e maestro alemão

12 de Junho
Anne Frank, escritora adolescente alemã
Antonio Grassi, ator brasileiro
Carmem Verônica, atriz e vedete brasileira
Chick Corea, músico de jazz norte-americano
Rômulo Arantes, ator e nadador brasileiro

13 de Junho
Antonio Pitanga, ator brasileiro
Fernando Pessoa, poeta português
Isadora Ribeiro, atriz brasileira
José Bonifácio, estadista brasileiro
Malcolm McDowell, ator britânico
William Butler Yeats, poeta e dramaturgo irlandês

14 de Junho
Camila Pitanga, atriz brasileira
Che Guevara, guerrilheiro revolucionário argentino
Dalton Trevisan, escritor brasileiro
Jerzy Kosinski, escritor polonês
Lavínia Vlasak, atriz brasileira
Linda Batista, cantora brasileira
Marcos Pasquim, ator brasileiro

15 de Junho
Demis Roussos, cantor grego nascido no Egito
Helen Hunt, atriz norte-americana
James Belushi, ator norte-americano
Lilian Lemmertz, atriz brasileira
Sergio Endrigo, cantor e compositor italiano

16 de Junho
Ariano Suassuna, escritor brasileiro
Arnold Vosloo, ator sul-africano
Ivan Lins, cantor e compositor brasileiro
Paulo Gracindo, ator brasileiro
Rui Zink, escritor português
Stan Laurel, ator e diretor inglês

17 de Junho
Aracy Cardoso, atriz brasileira
Arlete Salles, atriz brasileira
Barry Manilow, cantor e compositor norte-americano
Clodovil, estilista, apresentador de televisão e político brasileiro
Igor Stravinsky, compositor russo
Márcia Breia, atriz portuguesa
Ralph Bellamy, ator norte-americano

18 de Junho
Ana Rosa, atriz brasileira
Celly Campello, cantora brasileira
E. G. Marshall, ator norte-americano
Fernando Henrique Cardoso, político, sociólogo e ex-presidente brasileiro
Isabella Rossellini (foto), atriz e modelo italiana
Jeanette MacDonald, atriz e cantora americana
Lúcio Mauro Filho, ator brasileiro
Maria Bethânia, cantora brasileira
Paul McCartney, cantor e compositor britânico
Richard Boone, ator norte-americano

19 de Junho
Chico Buarque, cantor, compositor e escritor brasileiro
Daniel de Oliveira, ator brasileiro
Gena Rowlands, atriz norte-americana
Kathleen Turner, atriz norte-americana
Letícia Spiller, atriz brasileira
Louis Jourdan (foto), ator francês
Marisa Pavan, atriz italiana
Moe Howard, ator e comediante norte-americano
Nuno da Câmara Pereira, fadista e político português
Pier Angeli, atriz italiana
Sidney Magal, cantor e ator brasileiro
Stephany Brito, atriz brasileira

20 de Junho
Danny Aiello, ator norte-americano
Errol Flynn (foto), ator australiano
Kadu Moliterno, ator brasileiro
Martin Landau, ator norte-americano
Nicole Kidman, atriz australiana-americana
Rossana Podestà, atriz italiana nascida na Líbia

21 de Junho
Françoise Sagan, escritora francesa
Ilka Soares, atriz brasileira
Jane Russell, atriz norte-americana
Jean-Paul Sartre, escritor, filósofo e dramaturgo francês
Juliette Lewis, atriz e cantora norte-americana
Machado de Assis, escritor brasileiro
Maureen Stapleton, atriz norte-americana
Nelson Gonçalves, cantor brasileiro
Ron Ely, ator norte-americano

22 de Junho
Billy Wilder, cineasta polonês naturalizado norte-americano
Emmanuelle Seigner, atriz francesa
Erich Maria Remarque, escritor alemão
Hermeto Pascoal, músico e compositor brasileiro
Kris Kristofferson, cantor, compositor e ator norte-americano
Lindsay Wagner, atriz norte-americana
Meryl Streep, atriz norte-americana
Tonico Pereira, ator brasileiro

23 de Junho
Bob Fosse, diretor de cinema e encenador de teatro norte-americano
Cininha de Paula, atriz e diretora brasileira
Dercy Gonçalves, atriz brasileira
Elza Soares, cantora brasileira
Frances McDormand, atriz norte-americana
Isaura Bruno, atriz brasileira
Johannes Gutenberg, alemão inventor da imprensa
Sérgio Reis, cantor e ator brasileiro
Zinédine Zidane, jogador de futebol francês

24 de Junho
Betty Lago, atriz e modelo brasileira
Joaquim Manuel de Macedo, escritor brasileiro
Nancy Allen, atriz norte-americana
Régis Cardoso, diretor de telenovelas brasileiro

25 de Junho
Antonio Gaudi, arquiteto espanhol
Bussunda, humorista brasileiro
Fernanda Lima, atriz e modelo brasileira
George Michael, cantor britânico
George Orwell, jornalista e escritor britânico nascido na Índia
Luiz Carlos Vasconcelos, ator brasileiro
Miguel Sousa Tavares, jornalista e escritor português
Sidney Lumet, cineasta norte-americano

26 de Junho
Ana Zanatti, atriz portuguesa
Chris O'Donell, ator norte-americano
Eleanor Parker, atriz norte-americana
Gilberto Gil, cantor, compositor e político brasileiro
Pearl S. Buck, escritora norte-americana
Peter Lorre, ator norte-americano nascido na Eslováquia

27 de Junho
Didi Viana, atriz brasileira
Guimarães Rosa, escritor brasileiro
Isabelle Adjani, atriz francesa
Krzysztof Kieslowski, cineasta polonês
Luigi Pirandello, escritor, poeta e dramaturgo italiano
Teresa Guilherme, apresentadora e atriz portuguesa
Tobey Maguire, ator norte-americano
Wagner Moura, ator brasileiro
Zezé Motta, atriz brasileira

28 de Junho
Daniel Dantas, ator brasileiro
Garoto, músico e compositor brasileiro
Grazielli Massafera, atriz brasileira
Henrique VIII, rei inglês no século XV
Jean-Jacques Rousseau, escritor e filósofo suíço
John Cusack, ator norte-americano
Kathy Bates, atriz norte-americana
Mary Stuart Masterson, atriz norte-americana
Mel Brooks, ator e cineasta norte-americano
Pedro Neschling, ator brasileiro
Raul Seixas, cantor e compositor brasileiro

29 de Junho
Antoine de Saint-Exupéry, escritor e ilustrador francês
Henrique Viana, ator português
Maria Maya, atriz brasileira
Pedro Paulo Rangel, ator brasileiro
Rosa Mota, atleta portuguesa
Sérgio Britto, ator brasileiro
Tereza Seiblitz, atriz brasileira

30 de Junho
Dira Paes, atriz brasileira
Lena Horne, atriz e cantora norte-americana
Leonard Whiting, ator britânico
Tony Bellotto, músico e escritor brasileiro
Susan Hayward (foto), atriz norte-americana

Datas Comemorativas

01 de Junho – Dia da Imprensa
03 de Junho – Dia Mundial do Administrador de Pessoal
05 de Junho – Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia
07 de Junho – Dia da Liberdade de Imprensa
08 de Junho – Dia do Citricultor
09 de Junho – Dia do Porteiro
09 de Junho – Dia do Tenista
09 de Junho – Dia da Imunização
10 de Junho – Dia de Camões e de Portugal (feriado em Portugal)
10 de Junho – Dia da Língua Portuguesa
10 de Junho – Dia da Raça
10 de Junho – Dia da Artilharia
11 de Junho – Dia do Educador Sanitário
12 de Junho – Dia dos Namorados (Brasil)
13 de Junho – Dia de Santo Antônio de Lisboa (Pádua)
13 de Junho – Dia do Turista
14 de Junho – Dia do Solista
17 de Junho – Dia do Funcionário Público Aposentado
18 de Junho – Dia do Químico
19 de Junho – Dia do Cinema Brasileiro
20 de Junho – Dia do Revendedor
20 a 22 de Junho – Solstício (de verão no hemisfério norte, de inverno no hemisfério sul)
21 de Junho – Dia da Mídia
21 de Junho – Dia Universal Olímpico
21 de Junho – Dia do Imigrante
24 de Junho – Dia de São João Batista
24 de Junho – Dia das Empresas Gráficas
24 de Junho – Dia Internacional do Leite
26 de Junho – Dia do Metrologista
27 de Junho – Dia Nacional do Progresso
29 de Junho – Dia de São Pedro e São Paulo
29 de Junho – Dia do Papa
29 de Junho – Dia da Telefonista
29 de Junho – Dia do Pescador
2 º ou 3 º domingo de Junho – Dia dos Pais. Na Bélgica, no segundo domingo de Junho. Nos EUA, Reino Unido, Irlanda, Países Baixos e Canadá, no terceiro domingo de Junho
Junho – Orgulho Gay, celebração com várias paradas gays pelo mundo em honra dos tumultos de Stonewall.
publicado por virtualia às 21:24
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. DOMINGO - GÊNESIS DE GAL ...

. RICARDO MACHADO VOLUME 2 ...

. CORRA E OLHE O CÉU - RICA...

. ÉOLO E OS VENTOS

. A NOITE, O CÉU, A LUA, AS...

. YESHUA BEN YOSSEF, O JUDE...

. O MONTE DOS VENDAVAIS - E...

. O MUNDO E A CRISE DO PETR...

. OVOS FABERGÉ - O ÚLTIMO E...

. O GRANDE CIRCO MÍSTICO - ...

.arquivos

. Janeiro 2015

. Maio 2010

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds